IMG 20170921 WA0003 1IMG 20170926 WA0097ÁRBITRO DE VÍDEO

CBF reúne supervisores de Arbitro de Vídeo  para treinamento.

Dando prosseguimento ás normas para a implantação do Árbitro de vídeo (VAR) na arbitragem nacional, a Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol reuniu nesta segunda-feira (25), na cidade de Água de Lindóia (SP). No total, 64 árbitros e assistentes vão participar do treinamento, dividido em quatro grupos de 16.  Na semana passada, a Comissão de Arbitragem reuniu o grupo de 16 supervisores de Árbitros de Vídeo para atualização de protocolo e revisão de instruções antes da preparação intensiva de árbitros e árbitros assistentes. Presente em uma série de treinamentos realizados pela Conmebol nas últimas semanas, o instrutor técnico de VAR, Manoel Serapião Filho, comandou o trabalho teórico que consistiu em atualizar os supervisores sobre o conteúdo, alcance e limites do protocolo elaborado pela IFAB (International Football Associatios Board).

O trabalho foi acompanhado pelo presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Marcos Marinho. Ele ressaltou aos supervisores que o avanço na utilização da tecnologia é muito importante para a consolidação de um quadro moderno de arbitragem no país.

O árbitro moderno precisa entender que a função dele está mudando e que o Árbitro de Vídeo vem para garantir uma arbitragem ainda melhor e mais eficiente. O árbitro terá que saber usar o AV com inteligência para não atrapalhar a dinâmica do futebol, que é a essência do uso da tecnologia.

O grupo de supervisores trabalhou intensamente as chamadas “decisões revisáveis”, aquelas situações em que há a possibilidade de pedido de revisão pelo árbitro ou de sugestão pelo Árbitro Assistente de vídeo (AAV). Nos próximos dias, 64 árbitros e árbitros-assistentes passarão por avaliações, treinamentos teóricos e práticos nos moldes do realizado pela Conmebol.

Desde março do ano passado, todos os cursos e treina  mentos promovidos pela comissão de Arbitragem da CBF tem o tema “Arbitro de Vídeo” como parte das atividades. Além disso, nós participamos de todos os workshops realizados pela FIFA sobre o AV em Londres, Amsterdã, New Jersey e Zurique. Agora, vamos dar mais um passo para a implantação do AV – exlplica Manoel Serapião.

A velocidade em que o futebol chegou nos mostra que não há mais condições daquele ser humano acompanhar uma partida de futebol apenas com seus olhos e os dos seus companheiros. É muito rápida, a tecnologia avançou muito. Estamos preparados e temos condições para chegar lá e dar um grande salto para o futebol no Brasil.

O SAF-DF parabeliza Raimundo Lopo por mais essa conquista e temos imenso orgulho por estarmos tão bem representados, nos sentimos lisonjeados por termos uma pessoa de tamanho conhecimento e tão apaixonada pelo que faz.

Agradecemos ao Professor Lopo por tudo que tens feito pela arbitragem do Distrito Federal!